28/08/2009

Expectativas...

(sempre elas)

É engraçado como vira e meche um determinado assunto acaba vindo a tona, não é verdade?
Alguém sabe me dizer, por favor: como podemos viver sem criar espectativas??? Eu simplesmente não sei, não consigo...

Antes de ontem eu estava nas nuvens, estava para receber a resposta de uma casa que eu tó de olho (desde antes de vir pra Pira, diga-se a verdade), sonhando alto e imaginando mil e uma coisas para fazer para ela. Me imaginei pintando as paredes, mandanda fazer uma estante que eu gosto, esolhendo cores alegres para o ambiente, imaginando o que poderia fazer para chamar meus amigos para "inauguramos" meu cantinho, etc e tal...

Pois bem, em um segundo vi todos esses sonhos desmoronarem na minha frente quando a dona da tal casa disse que ainda não estava disponivel, que ela pediu para a pessoa sair, que tava no advogado, mas ela n podia fazer nada, nem previsão tinha...

Eu fiquei muito decepcionada, fiquei triste, sentindo a minha antiga companhia (a deprê) batendo na minha porta. Fiquei triste com Deus, fiquei triste com o mundo todo... Então sai para andar, passei num amigo, conversei um pouco, fui a biblioteca devolver uns livros, fui no Sesc ver uma exposição que tá tendo... E fui pensando, pensando...

Eu tenho me sentido muito feliz de um tempo pra cá, mais leve, mais "eu". Então comecei a refletir tudo isso. O que tem me deixado tão feliz?

Viver um dia de cada vez!

Aproveitar as pequenas coisas, alegrar-me com a vida em si! Estar em contato diário com o criador de todas as coisas, Ir atrás de fazer o que eu gosto (E aqui quero abrir um parenteses, rs: Fui quarta no cine assistir "A Mulher Invisivel", sozinha de novo, meus amigos não gostam de filme nacional, e eu amo! Cara muiiiiiiiiito bom, ri muito... Vale a pena!).
Minha vida não tem sido a das mais fáceis nesses ultimos tempos, se eu parar para racionalizar a coisa eu sei que vou ficar louca... Não é que eu esteja tapando o sol com a peneira, estou simplesmente dando mais valor para as coisas boas e deixando rolar...

Deixar rolar...
Aí que tá!

Esse meu deixar rolar é simplesmente: confiar em Deus, eu coloquei na mão d'Ele, e eu sei que Ele vai fazer alguma coisa! Eu faço a minha parte, e nela está o principal fator: Não criar espectativas! Então eu deixo pra Ele fazer...

Me senti tão mal ontem, mas não foi em si pela resposta, mas pelos castelos que construi no ar... É tudo uma questão de não se pré-ocupar de coisas que estão por vir ainda... Se tá na mão do chefão, pra que que eu vou ficar me preocupando???

Sei lá, é dificil eu sei, é meio como que um exercicio diário, uma auto-programação, sei lá... Não é fácil crer em Deus o tempo todo. Minha fé é muito menor que um grão de mostarda. Mas eu o amo e sei que Ele vai agir!

E já agiu!!! Ontem mesmo consegui um quartinho numa pensão, agora pelo menos vou estr no meu cantinho até Ele completar o que tem que completar!!!

É isso ai, galerinha do bem...
Só tenho a dizer que a vida é boa, não a compliquem demais!!!

Descomplique-se e seja feliz!!!

Bjks

7 comentários:

Wilian Bincoleto Wenzel disse...

Wow!

Disse tudo nesse post...

As decepções virão sempre e precisamos estar preparados para elas, e outra, se não estivermos preparados sempre terão pessoas que nos ajudarão.

Eu também vou matinalmente ao cinema "sozinho". Rsrs' Quando eu conto para algum amigo meu eles nem falam mais nada, ja se acostumaram. (Mais um que não gosta de filmes nacionais ;x)

Tem que acreditar em Deus mesmo! Tudo vai melhorar a partir do momento que agirmos segundo o coração dEle. Como fazer isso? É só conversar com Ele, Ele explica tim tim por tim tim!

Beijo Doce!

Lie disse...

Sabe, eu sempre e sempre tento não criar as tais expectativas, quem disse que dá? É a vida Ana, virar voltar correr e depois bater a cara da maior e pior maneira possivel, mas é ai que vemos que a vida é isso... Sentir tudo isso é como uma confirmação de vida!

E sobre a mulher invisivel é decididamente impérdivel, tô na expectativa pra ver "Os Normais 2"
bjus

R.Vinicius disse...

Oi.

- O que posso dizer? Não há resposta certa ou errada; há o que sabemos, o que ignoramos, o que não sabemos. E é isso. Abraço.

Wilian Bincoleto Wenzel disse...

Hehe'

Obriado pelo seu excelente comentário, enriqueceu muito meu cantinho! (:

Volte sempre mesmo, eu já estou seguindo-a!

Beijo Doce!

Jaime Guimarães disse...

Oi, Aninha!

Olha, eu sei que é muito difícil isso...mas se conseguirmos não criar expectativas principalmente em relação às pessoas, daremos um bom passo conosco mesmo.

Porque quando criamos expectativas projetamos nossos desejos naquele objeto. E se for uma pessoa tal "objeto", a possibilidade de frustração pode ser maior, pois há falhas além de virtudes.

Mas dê tempo ao tempo, tá vendo com as coisas começam a se ajeitar?

bjs!

Diego Azevedo Sodré disse...

Deus é!

********

Aninha, tô fazendo Ciências Sociais e Direito. Obrigado pela preocupação e passar (muito) bem ;D

Aliás, já falei que estou gostando da série "Oceanos"? Ela é fodástica!

Menina Misteriosa disse...

Este seu texto fala tudo... de forma tão clara!
Eu tento viver com menos expectativa, ansiedade... estou aprendendo a viver um dia de cada vez também, como você!
Espero que a gente consiga!
Boa sorte, logo você vai conseguir o que quer...
Beijos