09/05/2009

"Quando você for mãe, você vai entender..."

Foram muitas e tantas vezes que ouvi essa frase da minha mãe, que eu até perdi a conta! Geralmente ela a usava para justificar seus atos (como se mães precisassem fazer isso...), ou apenas por falar, pra não perder o costume...
Mas não é que ela estava certa???

Parece loucura
ou magia
ou praga de mãe...

Mas ser mãe nos faz automaticamente entender a nossa! Tá, confesso que não é tão automatico assim. Mas tão frequentemente eu ouvi tal frase na infância, ela vem na minha cabeça hoje em dia! E me vejo tendo atitudes aquelas, que eu não concordava, não entendia...
E sou obrigada a rever meus conceitos, dar o braço a torcer e dizer baixinho:
- você tinha razão, mãe! (quem sabe ela não pode me ouvir?)
E da mesma forma, sou obrigada a concordar com o manjado ditado: Mãe é tudo igual! Pq até EU sou... (Mesmo sem querer, sem perceber...)
Amanhã, graças as voltas da minha vida, estarei longe dos meus filhos...
Meu coração está apertado!!!
A saudade que já é imensa parece aumentar com essa data se aproximando...
" 1 dia das Mães longe deles, por todos os outros com uma melhor qualidade de vida!"
Digamos que esse tem sido meu "mantra"... PQ não adianta querer fazer as coisas com afobação... Tudo tem seu tempo!


Um recado para eles. Gabriel e Pedro:
AMO VCS FILHOS !!!!
Em breve estaremos juntos novamente.

FELIZ DIA DAS MÃES

Para as mães que lêem meu blog (se tiver alguma, rsss...) e para as mães de todos vcs!!!
BjsMeLiga

3 comentários:

Poeta de um mundo caduco... disse...

Aninha,
não sou mãe, mas, assim como vc, n estou compartilhando este dia ao lado de uma das pessoas mais importantes em minha vida... MINHA MÃE!

Parabéns pelo seu dia, congratulações pelo seu blog!

Um abraço...

Nanda Lopes disse...

Sinceramente, eu adorei o texto. Vi seu blog na comunidade do orkut e resolvi entrar e ja estou seguindo ele, me interessou muito, eu sempre escuto isso HAHA não só da minha mãe, mas de outras pessoas também.

Beijos

Groo Veiga disse...

Oi, Aninha!

Puxa, muito obrigado por sua visita e seus comentários lá no meu tosco blog. Obrigado mesmo!

Ah, mães e mamães...todas iguais em suas particularidades! Sim, acho que não tem jeito: quando somos PAIS ( não é o meu caso, ainda - a não ser que eu vire presidente do Paraguai para aparecer um filho atrás do outro)é que entendemos...rsss

bjs e obrigado!