04/10/2009

desabafo a meia noite

A questao não é a aparência
É a quimica,
É o jeito
É uma coisa q não da pra explicar!

Ele me envolveu em suas redes de sedução...

O conheci,
e o q ele mostrou ser
está perto da perfeição pra mim!
Da perfeição imperfeita que eu procuro.

Poderia morrer de amor por ele
Poderia viver a vida toda com ele
Poderia apenas fazer sexo com ele
Poderia ser soh amiga dele
Poderia ser qq coisa q ele quisesse que eu fosse
(dentro de certos parametros, claro)

Só queria ter a chance de conviver mais com ele
Pra saber como ele eh de verdade

Pra ve-lo de mal humor
Pra assistir um filme com ele
Pra ficar bebada do lado dele
Pra viajar na moto dele
Pra ficar olhando-o contar suas aventuras
Pra me perder no oceano de seus olhos

sei lá

Vejo as coisas e tenho vontade de falar com ele,
de contar como foi meu dia...

Eu não tenho nem essa oportunidade,
de falar essas coisas pra ele
Muito menos
de contar o que ele dispertou em mim

Não sei se ele é o tipo de cara que gostaria de ouvir isso...
Sei que é o tipo de cara que eu queria ter do meu lado
que eu gostaria de estar agora
deitada a toa do lado dele
acordar com ele
fazer nada
e tudo
COM ELE

Mas ele é esse espirito livre!
sei que nunca vou te-lo pra mim

Msm assim agradeço a quem quer que seja, por ter tido a oportunidade e felicidade de conhece-lo !

É meio q uma faca de dois gumes, ao mesmo tempo q sinto q devo deixa-lo livre p voltar se (e quando) quizer, acho q devo ir atrás dele, demonstrar que EU QUERO ELE !

As vezes acho que ele gostaria de ouvir isso...
Fico imaginando sua provável reação
e chego a conclução q achar q ele ta fugindo de mim por achar q sou o tipo de mulher por quem ele poderia morrer de amor é simplesmente ridiculo !!!

Melhor eu ir dormir, e torcer pra acordar e não pensar mais nele!

(PS: E a aparência dele, aiaiaiiaia! O que é akilo??? Rsss)

7 comentários:

Lie disse...

Ohhhhhhhhhhhhhh, adoro todas as coisas avassaladoras é só por leas que vale a penas isso tudo!

"Da perfeição imperfeita que eu procuro"

E no fim a busca não é exatamente essa? Tudo de bom pra ti Aninha e vai desculpando minha ausencia dos últimos posts!
bjus

Lorena Rocco disse...

ain! q liiiindo!
Ameii tbm a "RAZÃO" do blog.
to seguiiindo. beijO**

Geraldo Samuel disse...

saudade viu...

B. disse...

Adoreii o texto encatador.
chega a dar suspiros.
que paixão mais eloquente é essa :D
Mas é assim mesmo temos que nos aventurar no novo!

ventosnaprimavera disse...

Bela poesia, tantos sentimentos em um só lugar.Parabéns.
Arnoldo Pimentel

Silvio Koerich disse...

Mas olha só alguem está fortemente apaixonada, esse texto foi bem escrito e muito espontaneo fikei de cara

.Mari. disse...

Ahhh....paixões platônicas, que despertam tantas sensações loucas e tantas interrogações, todo esse clima de mistério que a gente quer desbravar mas tem medo...penso: porque não arriscar? Sou daquelas que vai lá e fala, demonstra, de algum jeito, sempre acho que vale a pena arriscar deixá-lo saber, pelo sim, pelo não, é sempre melhor se arrepender do não feito, pelo menos na minha opinião...Mas que dá aquele medinho, aquele frio na barriga, isso dá! E de certo modo, é tão bom curtir toda essa sensação doida provocada pelo olhar de longe e imaginar, imaginar, viajar na maionese...essa coisa da química, acho também que não é só pela aparência, nem acontece por acaso! Sempre tem algo maior, um porquÊ...que raramente a gente descobre! Mas que não custa tentar!^^